Young Scientists Summer Program 2020 – Inscrições Abertas





O programa Young Scientists Summer Program (YSSP), oferecido pelo International Institute for Applied System Analysis (IIASA), recebe até 50 estudantes para realizarem pesquisas no instituto, que fica na cidade de Luxemburgo.

Durante os últimos meses do ano, é comum haver programas de pesquisa que ofertam bolsas de estudo para estudantes internacionais que pretender estudar fora de seus países de origem.

Agora, é a vez daqueles que têm interesse de conhecer a Áustria, que podem fazer isso por meio do programa Young Scientists Summer Program (YSSP), oferecido pelo International Institute for Applied System Analysis (IIASA). Veja, ao longo deste texto, quais são os detalhes que você precisa saber para garantir a sua inscrição e ter uma chance de embarcar nesta viagem repleta de conhecimento e de novas experiências para se aprimorar ainda mais!




Sobre o programa YSSP do IIASA

Uma vez por ano, de 1º de junho até 31 de agosto, o IIASA recebe até 50 estudantes para realizarem pesquisas no instituto, que fica na cidade de Luxemburgo. As inscrições começaram no dia 7 de outubro de 2019 e podem ser feitas até o dia 11 de janeiro de 2020.

É importante que os estudantes estejam desenvolvendo pesquisas em áreas que sejam compatíveis com os projetos que o IIASA conduz.


O que o programa inclui para garantir a qualidade de vida dos participantes

O programa de verão do IIASA para 2020 oferecerá aos estudantes selecionados a cobertura dos cursos relacionados ao curso, à compra de passagens de avião e à aquisição do seguro-saúde, assim como um auxílio-instalação, de modo que seja possível contribuir para que os estudantes tenham condições de arcar com o custo de vida na Áustria enquanto o programa de verão YSSP durar.

Como o programa de desenvolverá

Durante o período de permanência no IIASA por meio do YSSP, os participantes serão supervisionados diretamente pelos profissionais que fazem parte do instituto. O objetivo do programa é orientá-los para que, durante os 3 meses em que farão parte dele, realizem a produção de um paper voltado ao campo de pesquisa em que estiverem atuando, com a possibilidade de levar isso além e desenvolver um artigo nessa mesma área de pesquisa.

Para desenvolver isso com a devida eficiência, os participantes podem fazer parte de até dois programas que o IIASA oferece. Para ter acesso à lista completa de programas que o instituto leva adiante nos dias atuais, acesse este link: https://www.iiasa.ac.at/web/home/education/yssp/Apply/YSSP_Program_Representatives.en.html. Por meio dos dados de contato dos responsáveis por cada programa específico, o IIASA recomenda que os participantes conversem com os coordenadores das iniciativas para aumentar as chances de convocação para o YSSP do ano de 2020.

Como realizar a inscrição e concorrer a uma das bolsas

Para estar elegível à possibilidade de participar da concorrência de bolsas do IIASA, o candidato precisa estar em com um doutorado em progresso e, preferencialmente, defender a sua tese em um período menor do que 2 anos.

É fundamental que o tema de doutorado do candidato tenha alguma relação, direta ou indireta, com uma das áreas de pesquisa do iIIASA. O candidato precisa verificar se o trabalho de pesquisa dele é aplicável para a área de políticas públicas.

As bolsas de pesquisa do IIASA para o YSSP recebem candidatos de qualquer país. No entanto, o instituto prioriza aqueles que são residentes ou cidadãos de uma das nações que está entre as parceiras da iniciativa. Sabe qual é a melhor parte disso? O Brasil é um dos países incluídos!

A inscrição para concorrer a uma das bolsas pode ser feita no site do IIASA, que pode ser acessado em https://iiasa.secure-platform.com/a/organizations/main/home, ou no site do Capes a partir do endereço https://www.capes.gov.br/bolsas-e-auxilios-internacionais/pais/195-austria/7751-programa-de-verao-para-jovens-cientistas-capes-iiasa. É preciso apresentar currículo atualizado, uma carta detalhando a motivação de participar do curso, 2 cartas que sejam válidas como cartas de recomendação, uma proposta para a pesquisa que desenvolve e um documento que comprove a matrícula no doutorado atual.

Por Ricardo R.

Young Scientists Summer Program 2020



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *